A técnica consiste na colagem de tiras de esparadrapo (sem medicamento) nas regiões doloridas do corpo. As tiras de esparadrapo coladas na pele geram estímulos cutâneos que são levados ao cérebro pelas vias sensitivas e a resposta retorna pelas vias motoras e pelo Sistema Nervoso Central, havendo a liberação de substâncias que, além de relaxar os músculos, proporcionarão efeitos analgésico e anti-inflamatório.

As tiras de esparadrapo estimulam pontos na pele, conseguindo um efeito semelhante ao estímulo da agulha na Acupuntura, o que torna a técnica uma alternativa para pessoas que têm aversão a agulhas.